mitos sobre a nutrição canina: "DIETAS ALTAS EM PROTEÍNA SÃO MÁS PARA O MEU CÃO"

Hoje vamos esclarecer este mito: Dietas altas em proteína são más para o meu cão.

É frequente donos de cães terem esta dúvida. É comum acharem que vai causar hiperatividade, problemas de saúde em cães seniores, excesso de sobrecarga para os rins e fígado, entre outras coisas. Bem... estas afirmações não poderiam estar mais erradas, por isso este mito é MENTIRA 👎


Os cães necessitam de proteína de qualidade para muitas funções importantes do organismo. As proteínas ajudam a manter o fígado, os rins e o coração saudável, são capazes de manter o nível de açúcar baixo no sangue, assim como providenciam os aminoácidos essenciais.

As duas alturas em que, dietas altas em proteína, são especialmente necessárias e recomendadas são:

- Cachorros - vai ser o "combustível" certo para o correto crescimento e desenvolvimento.

- Seniores - é essencial para manter os orgãos saudáveis e a funcionar corretamente.


A proteína pode ser encontrada em muitos alimentos: cereais, vegetais, orgãos, carnes, peixes, entre outros; mas nem toda é metabolizada pelo organismo dos nossos cães da mesma forma.

Neste post não nos estamos a referir a proteína de baixa qualidade mas sim de proteína de alta qualidade, rica e de fácil digestão, ou seja, proteína de origem animal como carne fresca, peixe fresco, ovos, queijo, entre outros 🍖




Quando os nossos cães são alimentados com uma dieta rica em proteína de qualidade, todo o organismo funciona melhor. A digestibilidade é muito alta e por isso grande parte da dieta é absorvida e aproveitada pelo corpo. Assim, há poucos componentes não absorvidos que vão acarretar uma carga muito menor nos rins ou no fígado. Vão necessitar de uma quantidade de alimento inferior para satisfazer as necessidades e as fezes vão ser reduzidas e com menos odor 🤗

Em suma, uma dieta alta em proteínas pode ser extremamente benéfica desde que a qualidade seja tida em conta.


Filipa Santiago, DVM

40 visualizações