5 FOODS TO AVOID


PT

Existem muitos alimentos saudáveis ​​que são perfeitamente seguros para os cães, mas há alguns deles que são totalmente proibidos. Nesta imagem juntamos 5 alimentos que devem ser totalmente evitados pelos cães: CEBOLA, CHOCOLATE, UVAS, NOZES e ABACATE.

CEBOLA

Oferecer cebola ao teu cão pode deixá-lo gravemente doente, mesmo que seja crua, cozida ou em pó.

A cebola contém n-propildisulfeto, este compenente é capaz de causar anemia hemolitica. Esta patologia é provocada pela destruição dos glóbulos vermelhos.

Sintomas desta patologia incluem: mucosas pálidas, cor da urina acastanhada ou avermelhada, ritmo cardíaco e / ou respiratório acelerado, fraqueza e depressão. Vómitos, diarreia e perda de apetite também são 3 sintomas bastante frequentes.

Os sintomas variam dependendo da quantidade de cebola que foi consumida, o peso do cão e o período de tempo em que foram ingeridos, mas as toxicidades de cebola são frequentemente observadas em animais que ingerem mais de 0,5% de seu peso corporal de uma só vez.

Cuidado, alguns cães só mostram os sintomas 48h / 72h após a sua ingestão.

O alho tem o mesmo componente que pode causar anemia hemolítica, mas para além de serem necessárias doses bem altas de alho para causar destruição dos globos vermelhos, o alho é um alimento que trás imensos benefícios ao contrário da cebola.

CHOCOLATE

O chocolate contém substâncias conhecidas como metilxantinas (especificamente cafeína e teobromina). Os cães são muito mais sensíveis a estas substâncias do que as pessoas.

Diferentes tipos de chocolate contêm quantidades variáveis de metilxantinas, mas no geral, quanto mais escuro e amargo o chocolate, maior o perigo.

As doses tóxicas de teobromina são muito baixas, 20 mg / kg, por exemplo pode causar agitação, hiperatividade e sinais gastrointestinais (como vómitos e diarreias). Em doses acima de 40 mg / kg, os sinais cardíacos podem ser observados e incluem frequência cardíaca acelerada, pressão alta ou até arritmias cardíacas. Em doses de mais de 60 mg / kg, os sinais neurológicos começam a surgir, incluindo tremores, espasmos e até convulsões.

UVAS

O mecanismo exato da toxicidade das uvas é desconhecido, mas sabe-se que a lesão primária parece estar no epitélio tubular renal proximal. Os cães afetados desenvolvem insuficiência renal aguda dentro de 72 horas após a ingestão de uvas ou passas. Uma clara relação dose-resposta ainda não foi determinada, mas apenas 4-5 uvas num cão de 8kg podem causar sérios problemas. Os sinais de insuficiência renal aguda incluem náusea, falta de apetite, vómitos, respiração urémica, diarreia, dor abdominal, sede excessiva e micção excessiva.

NOZES

Embora não haja nenhum tipo de nozes que seja mortal para cães, algumas nozes podem ser venenosas e causar vários efeitos colaterais como vómitos e diarreia. Apesar de sabermos que muitos cães parecem gostar do sabor das nozes (embora provavelmente apreciem o tempero salgado mais do que a própria noz), os cães não são animais preparados para comer qualquer tipo de noz. Os cães não precisam de nozes na sua dieta, por isso é melhor jogar pelo seguro e evitá-las completamente.

ABACATE

O abacate tem sido um alimento muito discutido. Os especialistas em toxicologia veterinária da ASPCA e da Pet Poison Helpline concordam que, enquanto a persina (a “toxina do abacate”) representa um perigo muito significativo para aves, coelhos, porquinhos-da-índia e certos animais grandes (incl. Vacas, cabras e cavalos) ), este apenas apresenta um risco menor de perturbação gastrointestinal em gatos e cães.

Embora a toxicidade não seja muito alta, nós não recomendamos dar abacate ao seu cão, porque ele não vai beneficiar dele e provavelmente ficará com desarranjos gastrointestinais à sua conta. As sementes também pode causar obstruções graves.

EN

There are lots of healthy foods that are perfectly safe for dogs, but there are a few of them that are totally forbidden. We have join the top 5 not recommended foods for dogs in this picture: ONION, CHOCOLATE, GRAPES, NUTS and AVOCADO.

ONION

Feeding your pooch onions can make him seriously ill, whether they are raw, cooked, or in powdered form.

One of the most critical problems that arises from onion toxicity is Hemolytic anemia caused by n-propyldisulfide. It is a condition that is brought about by the destruction of the dog’s red blood cells that leads to a decrease in red blood cell count; causing anemia.

Common warning signs for Hemolytic anemia include pale mucous membranes like the gums, brownish or reddish urine color, rapid heart and/or respiratory rate, weakness, and depression. Vomiting, diarrhea, and loss of appetite may also be observed.

Symptoms vary depending on the amount of onions the dog has consumed, his size, and the time period for which they have been ingested, but Onion toxicities are consistently noted in animals that ingest more than 0.5% of their body weight in onions at one time. Beware, some dogs only show the symptoms 48h/72h after the ingestion.

Garlic has de same component that can cause hemolytic anemia but it's necessary to offer garlic in larger doses to make your dog ill. Another thing it's that garlic do have a lot of benefits to offer unlike onion.

CHOCOLATE

Chocolate contains substances known as methylxanthines (specifically caffeine and theobromine), which dogs are far more sensitive to than people. Different types of chocolate contain varying amounts of methylxanthines. In general, though, the darker and more bitter the chocolate the greater the danger.

Toxic doses of theobromine are reported to be as low as 20 mg/kg, where agitation, hyperactivity and gastrointestinal signs (such as drooling, vomiting, and diarrhea) can be seen. At doses over 40 mg/kg, cardiac signs can be seen, and include a racing heart rate, high blood pressure, or even heart arrhythmias. At doses of more than 60 mg/kg, neurologic signs can be seen, including tremors, twitching, and even seizures.

GRAPES

The exact mechanism of toxicity is unknown, although the primary injury appears to be in the proximal renal tubular epithelium. Affected dogs develop anuric renal failure within 72 hr of ingestion of grapes or raisins. A clear dose-response relationship has not been determined, but as few as 4–5 grapes were implicated in the death of an 8kg dog.

Signs of acute kidney failure include nausea, lack of appetite, vomiting, uremic breath, diarrhea, abdominal pain, excessive thirst, and excessive urination.

NUTS

Although no nuts are deadly for dogs, some nuts can be poisonous and can cause a variety of side effects. Dogs are not really meant to eat any type of nut, even though many appear to enjoy the taste of them (though the dogs are probably enjoying the salty seasoning more than the nut itself -- which presents its own dangers). While some nuts, like almonds, aren't toxic to dogs, they are very high in fat. In large amounts, could cause illness.

Dogs don't need nuts as part of their diet, so it's better to be safe and avoid them altogether.

AVOCADO

The avocado has been a source of debate for decades. The veterinary toxicology experts at both the ASPCA and Pet Poison Helpline agree that, while persin (the “avocado toxin”) poses a very significant danger to birds, rabbits, guinea pigs, and certain large animals (incl. cows, goats, and horses), it poses a smaller risk of gastrointestinal upset in cats and dogs. Although the toxicity are not very high we do not recommend giving avocado to your dog because he will not benefit of it and he will have some gastrointestinal pain.

The most toxic portion of an avocado is the leaf. The seed also can cause serious obstruction.


0 visualização